Home/ Sobre a Audi
Sobre a Audi no Mundo

Trajetória de Sucesso

Horch
No final do Século 19 já havia muitos fabricantes de automóveis na Alemanha. Um deles era a empresa August Horch & Cie., fundada em 14 de novembro de 1899, na cidade de Colônia. August Horch foi um dos pioneiros da engenharia automotiva. Antes de abrir seu próprio negócio, sua experiência profissional incluiu três anos como encarregado da produção na Carl Benz, em Mannheim. Em 1904, August Horch mudou sua empresa para Zwickau e a transformou numa sociedade limitada. Todavia, August Horch deixou a companhia que havia fundado já em 1909. A partir de então, suas atividades passaram a estar ligadas ao nome "Audi".

Audi
A empresa aberta por August Horch em Zwickau em 16 de julho de 1909 não podia levar o nome do fundador devido à competição. Um novo nome para a empresa foi criado com tradução do sobrenome Horch, que em alemão significa "hark!" ou, em latim, "ouça!". Assim, a segunda firma fundada por August Horch iniciou suas atividades com o nome de Audi Automobilwerke GmbH, Zwickau, em 25 de abril de 1910.

Wanderer
Em 1885, dois mecânicos, Johann Baptist Winklhofer e Richard Adolf Jaenicke, abriram uma oficina de consertos de bicicletas em Chemnitz. Pouco depois, eles começaram a fabricar suas próprias bicicletas, pois a demanda era muito alta na época. Elas eram vendidas sob a marca Wanderer e, em 1896, a empresa passou a operar com o nome Wanderer Fahrradwerke AG. A Wanderer construiu sua primeira motocicleta em 1902. A ideia de ingressar no ramo de produção de carros foi finalmente colocada em prática em 1913. Um pequeno carro de dois lugares, chamado de "Puppchen", foi o produto que deu origem à tradição de produção de automóveis da Wanderer, que duraria muitas décadas.

DKW
Fundada originalmente em Chemnitz em 1902, com o nome Rasmussen & Ernst, a empresa mudou-se para Zschopau, na região de Erzgebirge, em 1907. Ela começou fabricando e vendendo separadores de óleo de escapamento para usinas de energia a vapor, para-barros e lanternas para veículos, equipamento de vulcanização e centrífugas de todos os tipos. O fundador da companhia, Jörgen Skafte Rasmussen, começou a fazer experiências com um veículo movido a vapor em 1916, registrando a sigla DKW (abreviatura de Dampfkraftwagen - em alemão, veículo a vapor) como marca registrada. Em 1919, já com o nome Zschopauer Motorenwerke, a companhia partiu para a fabricação de pequenos motores a dois tempos que, de 1922 em diante, impulsionaram seu sucesso na construção de motocicletas com a marca DKW. O primeiro e pequeno automóvel DKW apareceu no mercado em 1928.

Auto Union AG, Chemnitz
Em junho de 1932, a Audiwerke, a Horchwerke e a Zschopauer Motorenwerke/DKW se uniram por iniciativa do Banco Estadual da Saxônia, formando a Auto Union AG. Ao mesmo tempo, foi feito um acordo de compra e leasing com a Wanderer, para assumir o controle de sua divisão de veículos a motor. Os escritórios da matriz da nova companhia ficavam em Chemnitz. Com a associação, a Auto Union AG era a segunda maior fabricante de veículos a motor da Alemanha. O emblema da empresa consistia de quatro anéis entrelaçados, simbolizando a inseparável união das quatro companhias fundadoras. As marcas Audi, DKW, Horch e Wanderer foram mantidas. Dentro do grupo, cada uma das quatro marcas passou a atuar num segmento específico do mercado: DKW - motocicletas e carros pequenos; Wanderer - carros médios; Audi - automóveis médios no segmento luxo e Horch - carros de luxo no segmento mais alto do mercado.

Auto Union GmbH, Ingolstadt
Em 1945, após o final da Segunda Guerra Mundial, a Auto Union AG viu-se instalada na zona da Alemanha ocupada pela União Soviética e foi expropriada pelas forças armadas soviéticas. Um grupo de dirigentes da companhia deslocou-se para a Bavária, onde foi fundada em Ingolstadt, em 1949, uma nova empresa, com o nome Auto Union GmbH, mantendo a tradição dos quatro anéis na área de veículos. Os primeiros veículos ostentando o emblema dos quatro anéis a deixar as linhas de produção da empresa após seu reinício foram os comprovados produtos da DKW, com motores a dois tempos - motos, automóveis e furgões de entregas.
Um novo modelo Auto Union chegou ao mercado em 1965, o primeiro veículo da empresa no pós-guerra com motor quatro tempos. Nesse alvorecer de uma nova era, sentiu-se que era o momento para uma nova designação para o produto. Assim, o tradicional nome Audi foi retomado. Pouco tempo depois, os últimos DKWs a dois tempos foram produzidos em Ingolstadt. Daí para frente, os novos modelos com motores quatro tempos passaram a ser produzidos com a marca "Audi". Uma nova era começou também em outro sentido, quando o Grupo Volkswagen adquiriu a empresa baseada em Ingolstadt em 1965.

www.audi.com