Home/ Press Release Institucional/ Da prática de dirigir a experimentar a condução: Audi na CES 2019
Menu

Press Release Institucional

Release - 08/01/2019

Da prática de dirigir a experimentar a condução: Audi na CES 2019

 

·         Audi traz a emoção de um parque de diversão para dentro do carro com “Audi Immersive In-Car Entertainment”

·         “Audi Experience Ride”: tecnologia combina conteúdo de realidade virtual com movimentos do veículo em tempo real

·         Funções sob demanda: uma nova forma de customização do veículo, após a compra do carro
 

São Paulo, 8 de janeiro de 2019 – A Audi apresenta algumas de suas mais contundentes ideias para o futuro na Consumer Electronics Show (CES – Exposição de Eletrônicos de Consumo) em Las Vegas, EUA. Os holofotes estarão sobre duas tecnologias de entretenimento interno do carro do futuro, exibidas em um Audi e-tron, que apresenta ainda inovações online e serviços de recarga, assim como a possibilidade de agendar funções sob demanda. Com isto ele demonstra, mais uma vez, que a mobilidade premium na Audi não só é sustentável, mas também individual e simples.

 

A marca das quatro argolas está desenvolvendo conceitos inovadores para a mobilidade individual e conectando estes conceitos ao mundo digital. Os futuros autônomos da Audi serão espaços de entretenimento sob demanda que oferecerão aos seus usuários uma “25ª” hora ao dia. Um exemplo é o Audi Aicon, veículo de ocupação 2+2 com tração totalmente elétrica. Por estarem ainda mais conectados, esses veículos oferecerão aos usuários maneiras completamente novas de uso do tempo, por exemplo, com a próxima geração de entretenimento a bordo. Na CES, a Audi demonstra como uma jornada do ponto A ao ponto B pode se transformar em uma experiência em todos os sentidos.

Uma das tecnologias de destaque, a “Audi Experience Ride” (experiência de condução), transforma o veículo em um parque de diversões móvel. Futuramente, os passageiros do banco traseiro poderão assistir a filmes, jogar vídeo games e usar conteúdos interativos de forma muito mais realistas, fazendo uso dos óculos de realidade virtual. A marca premium está apresentando a tecnologia que adapta conteúdo virtual aos movimentos do veículo em tempo real – se o veículo fizer uma curva à direita, por exemplo, a ação interativa acompanha o movimento.

Para introduzir esta nova forma de entretenimento no mercado da maneira mais rápida e compreensível possível, a subsidiária da Audi, Audi Electronics Venture GmbH, co-fundou uma startup batizada de holoride GmbH, da qual retém participação.

Outro projeto de destaque na CES é o “Audi Immersive In-Car Entertainment” (entretenimento imersivo a bordo), que fornece uma gama de ações enquanto o veículo está parado. A tecnologia entra em ação com cenas de cinema e as traduz em real movimento do veículo. O resultado é um tipo especial de cinema de várias dimensões – o filme literalmente move o espectador, com ativação das suspensões, luzes e ar-condicionado, por exemplo, para divertir todos os sentidos e mostrar uma ideia de como os veículos do futuro se transformarão.

Além disso, o Audi e-tron se conecta integralmente ao ambiente digital do consumidor, tornando a mobilidade diária ainda mais simples e conveniente. O primeiro veículo de produção em série totalmente elétrico da marca poderá ser equipado opcionalmente com o serviço de voz Alexa, da Amazon.

Funções sob demanda são outro ponto em questão. Pela primeira vez no mercado, a Audi oferece aos seus clientes a possibilidade de encomendar serviços, mesmo após ter comprado o veículo. Isto abre uma forma de individualização completamente nova. Funções podem ser encomendadas de forma tão simples como com os conhecidos sistemas de compras em tempo real (online). Características como o planejador de viagens e-tron ou o serviço de recarga em viagem, com energia de corrente continua ou alternada, simplificam a ação de recarga.

Muitos dos serviços em tempo real do leque de ofertas do Audi connect estão reunidos em um aplicativo gratuito, o MyAudi, que conecta o smartphone do cliente com o veículo. Por último, os espelhos retrovisores externos virtuais do Audi e-tron oferecem uma experiência tecnológica totalmente nova ao usuário, transportando desenho e funcionalidade à era eletrônica.

Ainda na CES, a Audi utiliza um modelo em escala 1:3 para ilustrar como, em médio prazo nas cidades, a interação entre veículos autônomos e pedestres poderá acontecer. A empresa mostrará também a tecnologia de luminotécnica da Audi, que combina fascinação visual com pura alta-tecnologia.

Informações:

 

Departamento de Comunicação Audi do Brasil

www.audi-imprensa.com.br

 

Christian Marxen

Gerente Sênior de Comunicação

Telefone: +55-11-3041-2905

[email protected]

 

Vinícius Romero

Especialista de Comunicação

Telefone: +55-11-3041-2840

[email protected]

 

Index Conectada

www.indexconectada.com.br

 

Cibele Gandolpho

Coordenadora de Comunicação

Telefone: +55 11 3068-2000 ramal 3095

[email protected]

 

Giovanna Bozio

Atendimento de Lifestyle

Telefone: +55 11 3068-2000 ramal 3087

[email protected]

 

Bárbara Perrupato

Assistente de Comunicação

Telefone: +55 11 3041-2825

[email protected]

 

O Grupo Audi com suas marcas Audi, Ducati e Lamborghini é um dos mais bem-sucedidos fabricantes de automóveis e de motos no segmento premium. Ele está representado mundialmente em mais de 100 mercados e produz em 16 unidades distribuídas por doze países.  Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a Audi Sport GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant’Agata Bolognese/Itália) e a Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália). Em 2016, o Grupo entregou aos clientes 1.871 milhão de automóveis da marca Audi, 3.457 carros esportivos da Lamborghini e 55.451 motos da Ducati. No exercício de 2015, o Grupo AUDI teve um volume de negócios de 58,4 bilhões de € e apresentou um resultado operacional de 4,8 bilhões de €. Atualmente cerca de 88.000 pessoas trabalham em todo o mundo para a empresa, das quais cerca de 60.000 na Alemanha. A Audi está centrada em novos produtos e tecnologias sustentáveis com vista ao futuro da mobilidade.