Home/ Press Release Institucional/ Audi desenvolve estratégia corporativa e planeja vender 800 mil carros elétricos em 2025
Menu

Press Release Institucional

Release - 09/05/2018

Audi desenvolve estratégia corporativa e planeja vender 800 mil carros elétricos em 2025


  • CEO Rupert Stadler: “Estamos tomando a iniciativa, elevando a mobilidade elétrica para o próximo nível.”

  • CFO Alexander Seitz: “Vamos acelerar a implementação de novos e rentáveis modelos de negócios em todo o mundo”

  • Sustentabilidade: mais de 20 modelos elétricos – plantas de produção da Audi serão neutras em CO2 até o final da próxima década


Ingolstadt, 9 de maio de 2018 – A Audi pretende vender aproximadamente 800.000 carros totalmente elétricos e híbridos plug-in no ano de 2025. Na Assembleia Geral Anual da Audi AG, realizada nesta quarta-feira, o Conselho de Administração apresentou a estratégia atualizada "Audi.Vorsprung.2025.". Para permitir que um terço dos clientes decida a favor de um carro elétrico até meados da próxima década, deve haver uma opção sustentável em cada linha de modelos até então – a maioria deles deve ser totalmente elétrica, com uma proporção menor como híbridos plug-in.

Com o intuito de liberar recursos para o pacote de investimentos no valor de bilhões de euros, a Audi adotou seu Plano de Ação e Transformação no final do ano passado. Os objetivos são explorar novas fontes de receita, melhorar as estruturas de custos e acelerar a transformação corporativa em relação a novos modelos de negócios, o que aumentará consideravelmente o escopo do investimento. Até 2025, aproximadamente 40 bilhões de euros deverão fluir para áreas estratégicas, como e-mobilidade, direção autônoma e digitalização. Isso também se aplica à digitalização da produção.

“Nossa ambição sempre foi e continuará sendo a Vorsprung durch Technik”, diz Rupert Stadler, Presidente do Conselho de Administração da Audi AG. “Nosso objetivo é revolucionar a mobilidade. Também em mobilidade elétrica, queremos nos tornar o número 1 entre os fabricantes premium – com total adequação para o uso diário, sem compromissos, qualidade superior e prazer de dirigir para o cliente. Com nossa excelência tecnológica, estamos utilizando nosso Vorsprung e elevando a mobilidade elétrica para o próximo nível.”

A versão de produção do protótipo Audi e-tron é o primeiro resultado da iniciativa Roadmap E, com a qual a marca premium eletrificará seu portfólio completo até 2025. Isso inclui também o investimento nas fábricas alemãs em Ingolstadt e Neckarsulm, bem como um claro compromisso para a segurança do trabalho até o final de 2025.

Os lançamentos de produtos incluem mais de 20 modelos eletrificados em rápida sucessão até 2025. Em 2019, o e-tron Sportback será o segundo carro totalmente elétrico a ser lançado, seguido pelo e-tron GT da Audi Sport em 2020. A marca também oferecerá um modelo elétrico no segmento de compactos premium em 2020.

Para o seu projeto Roadmap E, a empresa está fazendo uso sistemático de duas grandes alavancas de sinergia do Grupo Volkswagen na área de desenvolvimento. Além do Kit de Ferramentas Elétricas Modular, desenvolvido pela Volkswagen para o segmento de compactos, a Audi e a Porsche estão trabalhando juntas para implementar a eletrificação de arquitetura premium para carros elétricos de médio egrande portes. Esses projetos de cooperação reduzem substancialmente os custos de desenvolvimento. Para o cliente, isso significa uma opção disponível rapidamente de um amplo portfólio para a condução sem emissões.

Com a mobilidade elétrica, a Audi também adota uma abordagem holística e conservadora de recursos: em Bruxelas, o e-tron é o primeiro carro premium com produção de alto volume com certificação neutra de CO2. Seguindo o exemplo de Bruxelas, a Audi tornará suas plantas em todo o mundo neutras em CO2 até 2030.

No lançamento do e-tron no mercado, os clientes europeus se beneficiarão de uma infraestrutura de carregamento de alto desempenho. A Audi está contribuindo significativamente para o desenvolvimento dessa infraestrutura por meio da joint-venture com a Ionity. A versão de produção do e-tron será o primeiro carro que pode ser carregado em estações de carregamento rápido com até 150 kilowatts. Isso fará com que o SUV elétrico esteja pronto para o próximo percurso de longa distância em pouco menos de 30 minutos. Sua bateria de íons de lítio oferece um alcance de mais de 400 quilômetros.

Pela primeira vez, a versão de produção do protótipo e-tron oferece aos clientes da Audi a possibilidade de adquirir funções como sistemas de assistência ao motorista ou recursos de infotainment também depois que o veículo é comprado. Mais conteúdos e serviços digitais serão gradualmente disponibilizados aos passageiros. A Audi pretende gerar um lucro operacional de 1 bilhão de eurois com esses novos modelos de negócios até 2025.

“Bem a tempo do 50º aniversário da Vorsprung durch Technik, também apresentaremos nosso primeiro carro elétrico autônomo baseado em nosso conceito Audi Aicon em 2021. Um meio de transporte urbano com configuração de lounge – inicialmente em uma frota piloto e como um carro de produção em série para a condução automatizada em meados da próxima década”, afirma Peter Mertens, membro do Conselho de Administração para o Desenvolvimento Técnico da Audi AG.  “Em todo o mundo, estamos acelerando a implementação de novos modelos de negócios lucrativos nas áreas que serão essenciais para nossa indústria no futuro”, explica Alexander Seitz, membro do Conselho de Administração de Finanças da Audi AG.

“Desde janeiro, implantamos as primeiras medidas do Plano de Ação e Transformação, com um valor baixo de três dígitos. As medidas identificadas terão um efeito sustentável e um impacto de longo prazo nas receitas e custos. Assim, teremos os mais benefícios a partir de 2020, quando o nosso plano se desenvolver, atingindo um total de 10 bilhões de euros até 2022. A Audi conseguirá assegurar sua forte rentabilidade, apesar dos altos níveis de investimento.”

 

Informações:

 

Departamento de Comunicação Audi do Brasil

www.audi-imprensa.com.br

 

O Grupo Audi com suas marcas Audi, Ducati e Lamborghini é um dos mais bem-sucedidos fabricantes de automóveis e de motos no segmento premium. Ele está representado mundialmente em mais de 100 mercados e produz em 16 unidades distribuídas por doze países.  Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a Audi Sport GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant’Agata Bolognese/Itália) e a Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália). Em 2016, o Grupo entregou aos clientes 1.871 milhão de automóveis da marca Audi, 3.457 carros esportivos da Lamborghini e 55.451 motos da Ducati. No exercício de 2015, o Grupo AUDI teve um volume de negócios de 58,4 bilhões de € e apresentou um resultado operacional de 4,8 bilhões de €. Atualmente cerca de 88.000 pessoas trabalham em todo o mundo para a empresa, das quais cerca de 60.000 na Alemanha. A Audi está centrada em novos produtos e tecnologias sustentáveis com vista ao futuro da mobilidade.